quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Outro tipo de mulher nua


Depois da invenção do photoshop, até a mais insignificante das criaturas vira uma deusa.

Basta uns retoquezinhos, aqui e ali.

Nunca vi tanta mulher nua.

Os sites da internet renovam semanalmente seu estoque de gatas vertiginosas.

O que não falta é candidata para tirar a roupa.

Dá uma grana boa.

E o namorado apóia,o pai fica orgulhoso,a mãe acha um acontecimento,as amigas invejam, então pudor pra quê ?

Não sei se os homens estão radiantes com esta multiplicação de peitos e bundas.

Infelizes não devem estar, mas duvido que algo que se tornou tão banal ainda enfeitice os que têm mais de 14 anos.

Talvez a verdadeira excitação esteja, hoje,em ver uma mulher se despir deverdade... Emocionalmente.

Nudez pode ter um significado diferente e muito mais intenso.

É assistir a uma mulher desabotoar suas fantasias, suas dores ,sua história.

É erótico ver uma mulher que sorri,

que chora,

que vacila,

que fica linda sendo sincera,

que fica uma delícia sendo divertida,

que deixa qualquer um maluco sendo inteligente.

Uma mulher que diz o que pensa,

o que sente e o que pretende,

sem meias-verdades,

sem esconder seus pequenos defeitos.

Aliás, deveríamos nos orgulhar de nossas falhas,

é o que nos torna humanas,

e não bonecas de porcelana.

Arrebatador é assistir ao desnudamento de uma mulher em quem sempre se poderá confiar, mesmo que vire ex, mesmo que saiba demais.

Pouco tempo atrás, posar nua ainda era uma excentricidade das artistas.

Lembro que esperava-se com ansiedade a revista que traria um ensaio de Dina Sfat, por exemplo pra citar uma mulher que sempre teve mais o que mostrar além do próprio corpo.

Mas agora não há mais charme nem suspense,estamos na era das mulheres coisificadas, que posam nuas porque consideramum degrau na carreira.

Até é.

Na maioria das vezes, rumo à decadência.

Escadas servem para descer também.

Não é fácil tirar a roupa e ficar pendurada numa banca de jornal mas, difícil por difícil,também é complicado abrir mão de pudores verbais,expor nossos segredos e insanidades, revelar nosso interior.

Mas é o que devemos continuar fazendo.

Despir nossa alma e mostrar pra valer quem somos,

o que trazemos por dentro.

Não conheço stripe-tease mais sedutor.

Martha Medeiros


Bem criaturas, como sempre a porta voz da classe feminina da atualidade disse tudo.

Eu ficaria aqui dias escrevendo sobre esse assunto, que muito me indigna. Mas vou tentar ser breve.

Em tempos de mulheres saladas de frutas e animais (melancia, melão, cachorra,etc...) ,o que eu penso é que nos desvalorizamos demais e nos entregamos a qualquer preço pela fama e pelo dinheiro.

Hoje em dia a estética é prioridade em tudo na nossa sociedade, e nós mulheres somos muito mais cobradas que os homens pela super exposição a que nos submetemos.

Até pra concorrer a um emprego, temos que pensar em coisas além da nossa capacidade intelectual, como " se estamos com a cor do cabelo da moda, se a roupa que usamos é de uma grife famosa, se as unhas estão pintadas com o ultimo lançamento em esmalte, etc...

Só futilidades.

Eu sinceramente valorizo muito o intelectual, mas também acho que ninguém vai saber do seu potencial se a sua aparência não for condizente com o que se propõe. Tem gente que exagera e vive esculachado. Um meio termo aí, sem exageros pra mais e nem pra menos seria bem melhor (eu acho).

Infelizmente a hipocrisia e o pré-conceito ainda prevalacem em pleno século XXI.

E no caso de nós mulheres, a luta por um espaço mais digno na sociedade fez um caminho tortuoso e hoje estamos numa condição bastante complicada, onde o corpo vale mais que o cérebro.

O corpo da mulher é usado muitas vezes sem propósito, e quantas vezes vejo propagandas de produtos masculinos, onde só aparecem mulheres semi nuas. Poxa! Já passou da hora de mudar essa situação, precisamos reagir a essas "mulheres" que expõem toda uma classe a uma imagem deturpada e menosprezada.

Bem, é isso o que eu sei e agora espero o seu comentário.

Um beijo e ótima quarta a todos(as) e que tenhamos um dia produtivo e feliz.


11 comentários:

Camila disse...

Menina, adorei e me identifiquei demais com o texto da Martha!

E você tem toda razão por ter escrito isso... Nós estamos cada vez mais escravas da moda e da ditadura da beleza. Eu tento me manter um pouco longe disso, mas sempre tem aqueles dias que eu queria parecer aquelas modelos magrelas, mas são só laguns dias. Em todos os outros, varolizo minhas formas e meus defeitos, sim, porque eles são meus!

Beijinhos!

Du disse...

Roberta querida, desculpe a demora em responder, é que fiquei literalmente fora do ar hoje!

Antes de tudo, adoro Martha Medeiros, tudo o que ela escreve é perfeiro, sou fã incondicional!

Bom, então vamos começar a idealizar o lay novo?
Primeiro você deve me convidar para contribuir com o seu blog, é só ir lá nas configurações e depois em permissões, você digita o meu e-mail: dullimi@gmail.com

Então só depois que eu aceitar, você volta lá em permissões e me concede privilégios de administradora, pra eu poder mexer no layout dele, tá?

Pode deixar por minha conta ou pode me dar alguma idéia de como você gostaria, tipo as cores que você gosta ou que não gosta...

Eu já vi alguns modelos muito bonitos e logo pensei no teu blog!

Provavelmente vou mexer nele no sábado ou quem sabe, na sexta...

Beijão

Du disse...

Oba!!!
Também não gosto de fundo preto! \o/

Vamos ver se consigo escolher hoje ainda, já tô ansiosa!!!
Só pra você ter uma idéia, o da Camila eu também escolhi o layout!

Agora já aceitei o covite, então você precisa voltar lá em permissões e me conceder privilégios de administradora! Uia!!!

Obrigada pela confiança ao me dar a chave da sua casa assim, querida Roberta! Prometo não te decepcionar!

Bom dia, beijos!

Cadinho RoCo disse...

Vivemos numa realidade em que os meios justificam os fins e o eemplo típico disso está exatamente no que diariamente reforça esta tese, via Governo Lula. E isso está intimamente relacionado ao que há bem pouco tempo atrás era tratado como berço, educação, formação de caráter, brio, pudor, valores que vão sendo desprezados por aí. Mas, não se iluda, porque tudo isso perece e perece rápido demais.
Vivemos hoje em um Brasil despudorado, sem educação, sem vergonha, sem escrúpulos. Quer o quê a partir daí?
Cadinho RoCo

Su disse...

Roberta,
eu prometo que volto para ler os posts e ver as mudanças, tá?! rsrs... A Du me mostrou o seu blog, mas é que eu estou correndo pra ir pra faculdade, mas prometo que mais tarde eu volto e leio tuudo, principalmente o texto da Elisa Lucinda que eu fiquei curtiosissima pra ler!!
Beijão e boa sorte nas mudanças!!!
heheheehehehehe

GUILHERME PIÃO disse...

Na próxima geração quero vir mulher...pode ser feia pois existe o Photoshop....ehehe
Abraços

Beth Ribeiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beth Ribeiro disse...

A Martha sabe colocar para fora tudo o que nós,mulheres,desejaríamos expressar.E você também.Belo post.Acho que as pessoas têm que se respeitar mais e se venderem menos.E quem sabe entenderem que a felicidade e o amor estão muito além das aparências...Beijos

Du disse...

Roberta, você quer uma caixinha de recados no blog?

Du disse...

Queria ter feito hoje, mas não tive tempo de jeito nenhum, agora o sono tá acabando comigo... =/
Vou tentar amanhã!
Vou colocar caixinha de recados e o widget pra você ver quem entrou, pode deixar!

Beijão

Su disse...

Martha Medeiros, que mulher, hein?!!
Ela sempre sabe usar as palavras em tooodos os momentos...

E quanto as mulheres de photoshop, sem comentários, hein?! Tá certo que hoje em dia não vivemos sem um belo e retoque do photoshop, mas para essas mulheres nuas, aii já é demais, ela abusam!!!!!!!


*Prometii e voltei!!
Hoje a faculdade não me prendeu!!!
heheeheheheehe

Pesquise no blog