quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

LEMBRETE

Recebi de um amigo por e mail :




Mário Quintana


A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.

Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira. ..
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê, já se passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado.

Se me fosse dada, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.

Desta forma, eu digo: "não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo,
a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais."


Temo muito por aqueles que passam pela vida sem tempo de vivê-la.
Um dia estarão em uma condição de arrependimento que jamais sairão, porque o maior arrependimento é o de não ter feito, não ter vivido, esse sim dói demais na alma.
Pra que possamos refletir e quem sabe no próximo ano organizarmos o nosso tempo de forma que não deixemos de lado nossos amigos, parentes, ou aquele sonho que sempre fica prá amanhã, porque hoje não dá mais tempo.
Que DEUS nos ilumine nessa evolução diária de administrar o tempo.
Uma boa quarta feira à todos(as).

Um comentário:

Su disse...

"... quando se vê já terminou o ano."

Eu tento aproveitar cada segundinho dessa minha vida, eu não quero olhar para trás e sentir que não fiz nada para ser feliz e fazer as pessoas a minha volta felizes!!!

Adorei ler isso logo cedo!!!

beijos, Flor!!
Bom diia

Pesquise no blog